topo
Espiritualidade
25/01/2012 20:02:47 - Atualizado em 25/01/2012 20:02:47
Já é tarde e o dia declina!

 

“Aproximaram-se da aldeia para onde iam e ele fez como se quisesse passar adiante. Mas eles forçaram-no a parar: ‘Fica conosco, já é tarde e o dia declina’. Entrou, então, com eles.” (Lc. 24, 28-29)


O convite

Leia todo o texto dos “Discípulos de Emaús (Lc. 24, 13-35). Jesus não queria passar adiante. Ele conhecia os dois; era até sobrinho de um deles (Cléofas – esposo de Maria, irmã de Nossa Senhora; e diz a tradição que era irmão de José, pai adotivo de Jesus). Alguém muito próximo, muito além até dos laços familiares, um discípulo querido.

Cléofas e o outro discípulo estavam entristecidos, sem esperança, cegos de abatimento – como ficamos nós quando nossa alma está prostrada. Jesus é o Mestre e o amigo que caminha com eles e quer dar-lhes a capacidade de enxergar com os olhos da fé. E aos poucos o coração deles vai se aquecendo, o peso do luto vai se aliviando e a alegria beija-lhes a alma de forma suave.

Jesus não queria passar adiante, mas era necessário que eles o convidassem a entrar. Respeitoso, espera o convite. Quantas vezes ele andou ao nosso lado e simplesmente deixamos que Ele passasse adiante!... Estávamos tão detidos em nossos próprios problemas e dores que não tivemos a sensibilidade necessária para convidá-lo. Mas agora renova-se a presença divina ao seu lado e pode ser que Ele faça como se quisesse passar adiante. O que você fará? Deixará que mais uma vez Ele não entre em sua vida por falta de convite? Ele não entrará se você não o convidar!

Eles não só pediram a Ele que entrasse, mas foram incisivos no convite e “forçaram-no a parar”. Você se lembra do que o mesmo evangelista Lucas fala sobre a oração: “Propôs-lhes Jesus uma parábola para mostrar que é necessário orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo” (Lc. 18, 1)? Diga pra Ele insistentemente:

– Fica conosco, Senhor! Fica comigo, na minha vida. Partilha de minha dor e de minha alegria. Entra na minha casa, não apenas como hóspede, mas como dono. Partilha do que tenho e do que sou. O dia declina...

O declinar do dia

O “declinar do dia”: momentos em que nos sentimos cansados, solitários e até mesmo sem esperança. E é preciso dizer ao Mestre: “Fica conosco”!

E ei-lo ali, entrando mais uma vez na casa dos seus discípulos para partilhar com eles o sinal maior de sua presença: a Eucaristia. Seus olhos se abrem quando Ele toma o pão, abençoa-o e o serve a eles. Dali para frente, este seria o magno sinal de Sua presença ao lado deles e de todos os discípulos que tiveram os olhos abertos pela fé.

Você poderá experimentar a palavra do Mestre abrasando agora o seu coração. Você poderá celebrar esta presença em comunidade, como fizeram ao voltar a Jerusalém, percorrendo o mesmo caminho, mas de forma nova, mas com a alma restaurada. E toda vez que o pão for partido, soará aos seus ouvidos a voz do Mestre dizendo: “Fazei isto em memória de mim” (Lc. 22, 21)!

Provavelmente os discípulos de Emaús nunca mais disseram que era tarde, pois nunca é tarde para quem tem o Jesus ao seu lado. Sempre é tempo para transformar o coração.

Uma vivência

Procure valorizar o período do FINAL DE TARDE ou a noite para estar na presença de Deus. Tenha em mente a passagem dos discípulos de Emaús e convide Jesus para entrar e permanecer com você e em você. 

Espiritualidade - Outubro 2006

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Padre Sérgio
 
twitter.com/padresergioluiz
facebook.com/falecompadresergio
padresergio.com
Pe. Sérgio é sacerdote Redentorista. Atualmente pároco em Juíz de Fora na Igreja da Glória. Procura guiar o seu ministério levando as pessoas a experimentarem a...
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.