topo
Espiritualidade
01/02/2012 17:56:55 - Atualizado em 01/02/2012 17:56:55
Com Maria, nós te encontramos Jesus!
Terceira parte

 

“Todos eles perseveravam unanimemente na oração,
juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus, e os irmãos dele”.
At 1, 14

Foste tu mesmo, Jesus, que disseste: “o que perseverar até o fim será salvo” (Mc 13,13). Com a vinda do Espírito Santo, os discípulos compreenderam isto. Sabiam que, se não fossem vigilantes, não iriam conseguir sustentar a fé. E olharam para Maria, tua Mãe, aquela que desde a primeira promessa feita pelo anjo, foi perseverante. Maria é a mãe da perseverança, porque é a mãe do constante amor e doação, não obstante a dor, a perseguição e, mesmo, a morte.

No Cenáculo, com Maria e os apóstolos, nós somos teus irmãos, Jesus. E somos teus irmãos porque, se na carne somos filhos de Eva, no espírito renascido pela graça, somos filhos de Maria, aquela que triunfou sobre o antigo inimigo. A “cheia de graça” intercede para que os discípulos naquele primeiro Pentecostes e no Pentecostes de todos os tempos pudessem provar a plenitude do Espírito Santo. E ao chegar o dia de Pentecostes todos ficam cheios do Espírito Santo (At 2, 1-4). Sob o selo do Espírito nasceu, assim, a Igreja.

Hoje, somos nós a tua Igreja, mas também a Igreja de tua Mãe; somos tua família, mas também a família de tua Mãe. Se um dia disseste a João: “filho, eis aí a tua mãe” e disseste a Maria: “mulher, eis aí o teu filho”(Jo 16, 26-27), e se João ali representava a Igreja fiel diante da cruz, como poderíamos nós recusar a maternidade de Maria, se ela tornou-se, junto à cruz, a Mãe da Igreja? Se disseste isso a João, teu discípulo amado, e ele precisou da maternidade de Maria ao seu lado, quanto mais nós precisamos dessa maternidade! Quem sou eu para não aceitar a maternidade de Maria em minha vida? Quem sou eu para não receber em mim, junto de mim, a presença desta Mãe? E agora, permita-me, Jesus, após falar contigo, falar com meus irmãos e irmãs.

Digo a você que faz esta meditação comigo: como rejeitar Maria? Como alguém pode dizer palavras como estas:
- Ela pode ser a mãe de vocês católicos, mas minha mãe ela não é.

Como é que alguém, que diz crer no Filho desta mulher, pode falar uma coisa dessas? Sim, ela é nossa Mãe! Ela é minha Mãe! Como pode alguém que teve uma família e que nessa família existe uma mãe, sair dessa mesma família e dizer:
- Eu agora estou em outra família e eu não quero essa mãe como minha mãe. Eu estou numa igreja que não acredita na maternidade espiritual de Maria. Ela é mãe de Jesus, mas não é minha mãe.
Como é que alguém ousa dizer isso? Como alguém ousa ofender a Mãe do meu Senhor? E como é que você aceita que alguém ofenda a Mãe do seu Senhor?
           
Por isso, Jesus, humildemente, sem assumirmos uma postura contra ninguém, mas num profundo amor à fé que recebemos e à maternidade de Maria, oferecemos esta oração em desagravo, diante das ofensas que, Tu e tua Mãe, tendes recebido em nossa nação. Perdão!
           
Possa nos valer a intercessão da Senhora da Paz para que esta Paz aconteça em nossa Igreja e alcance todos os cristãos e homens e mulheres de Boa Vontade, em todo o planeta. Nossas diferenças sejam como a luz no seu espectro, que se decompõe em cores diversas, mas que brota da mesma e única fonte.

                        Jesus, Nossa Paz, tem compaixão de nós!
                        Maria, Mãe da Igreja, rogai por nós!

 

Espiritualidade - Dezembro de 2010

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Padre Sérgio
 
twitter.com/padresergioluiz
facebook.com/falecompadresergio
padresergio.com
Pe. Sérgio é sacerdote Redentorista. Atualmente pároco em Juíz de Fora na Igreja da Glória. Procura guiar o seu ministério levando as pessoas a experimentarem a...
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.