topo
Ministérios
03/02/2012 15:07:58 - Atualizado em 03/02/2012 15:07:58
Ministério Discípulo Amado - Encontro 23
Roteiro do 23º Encontro do Grupo Discípulo Amado

Celebramos São José, padroeiro de nossa querida Igreja de São José e mais: de toda a Igreja, das famílias e dos trabalhadores. Ao olharmos a vida deste homem silencioso, vemos aquilo que Deus pode realizar na vida daqueles que se deixam tocar por sua Graça. Ah! Se nós não colocássemos tantos obstáculos à ação da Graça! Se fôssemos mais dóceis à ação do Espírito! O quanto o Espírito Santo não poderia realizar em nós e através de nós. Não seriam obras grandiosas para aparecer, mas a fecundação de nossa terra, da sociedade, da Igreja e de nossas famílias.

Torne-se dócil à ação do Espírito! Deixe que Ele o (a) leve além das aparências. Deixe que Ele comunique ao seu Espírito aquela alegria e paz que o mundo, de fato, não pode dar. A vida do discípulo é uma vida guiada pelo Espírito como foi de José. Rogo ao Espírito Santo que derrame essa docilidade a todos os nossos discipulandos.

Hoje, queridos e queridas irmãs, tenho a alegria de iniciar com vocês uma nova série em nossos encontros: A INTERCESSÃO E O PROCESSO DE CURA. Tenho certeza que ela o(a) ajudará a colocar-se diante do Senhor que nos torna intercessores e nos cura profundamente. Paz ao seu coração! Servo, Pe. Sérgio, C.Ss.R.

CREIO NA COMUNHÃO DOS SANTOS

Ao iniciarmos um estudo sobre o poder da intercessão e o poder de cura, é mister considerarmos o maravilhoso dogma de nossa fé "Creio na comunhão dos santos" . Sim, vivemos nessa maravilhosa comunhão que pode ser assim comparada: a comunhão dos santos é a corrente sangüínea do Corpo de Cristo.

"Creio na Comunhão dos Santos, dizemos no Símbolo dos Apóstolos, que foi o primeiro compêndio de Sagrada Doutrina produzido pelo magistério da Igreja de Cristo. Neste nono artigo do Credo, o objeto da fé revelada é a Comunhão dos Santos, união sobrenatural que existe entre todos os membros da Igreja. Pelos dons de graças que nos vêm do Pai, que para nós transbordaram na Paixão de Cristo, e que em nós operam pelo Espírito Santo, somos todos santos, chamados a ser santos (Rom. 1, 7), e unidos formamos um povo santo (1 Pd. 2, 9). Fomos eleitos por Deus para sermos santos (Ef. 1, 4). Ainda que não tenhamos chegado à união transformante que nos dá o direito pleno de dizer, como Paulo, "vivo eu? não! vive o Cristo em mim", somos desde já participantes desse dinamismo do Corpo Místico, e desde já atuantes na Comunhão dos Santos como operários e como usuários.

O primeiro e principal efeito da Comunhão dos Santos é o de tornar os bens espirituais da Igreja comuns a todos os seus membros, e consequentemente o de nos tornar responsáveis em vista do bem comum do povo santo. Devemos saber constantemente que tudo o que fizermos em consonância com a vontade de Deus será lucro comum cuja misteriosa aplicação se realiza dentro da Igreja por ministério dos homens e dos anjos, e tem dimensões de eternidade que ultrapassam todas as cronologias humanas. Podemos assim imaginar, sem sombra de fantasia, que a oração de uma contemplativa que ainda não nasceu, estará diretamente associada aos favores de Deus na vitória de Lepanto, ou no relâmpago de contrição que num segundo, entre o bordo e o abismo, salvou a alma de um suicida; e também podemos pensar que alguma alma desgarrada hoje se salva por intercessão de um grito de Santa Catarina: Gesú dolce, Gesú amore.

Mas também, ai de nós, devemos saber conscientemente, constantemente, que cada pecado nosso é um desfalque que cometemos contra todos. Na verdade, para sermos dignos membros do Corpo que se anima com a Graça de Deus devemos buscar a santidade e nos inspirando na vida daqueles que a Igreja nos oferece como modelos mais próximos, e como intercessores que, mesmo na Glória, guardam transfiguradas a ciência e a lembrança de toda a humana miséria". Gustavo Corção.

Leia em sua Bíblia: Apocalipse 5, 6-10

Conversem em Grupo:

# Experimento em minha vida o poder da "comunhão dos santos?
# Sinto-me parte desse mistério de amor?

Vamos falar com Deus: Orem espontaneamente e concluam rezando o Credo!

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Padre Sérgio
 
twitter.com/padresergioluiz
facebook.com/falecompadresergio
padresergio.com
Pe. Sérgio é sacerdote Redentorista. Atualmente pároco em Juíz de Fora na Igreja da Glória. Procura guiar o seu ministério levando as pessoas a experimentarem a...
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.