topo
Inspiração
04/02/2012 10:31:03 - Atualizado em 04/02/2012 10:31:03
Tranquilize seus pensamentos

O processo de tranqüilizar a mente é importante para garantir condições físicas, mentais, e da alma, que levem a um repouso perfeito.

John Masefield, um dos mais famosos poetas do mundo, organizou logo no inicio de sua vida, um exercício muito benéfico de relaxamento da tensão. Quando terminava o trabalho diário, ele "exercitava a obtenção da tranqüilidade". Aquilo não só servia para reduzir a tensão que o dia estimulara, mas também o preparava para um repouso satisfatório, durante a noite.

A ênfase sobre o exercício não é sem importância, pois a capacidade de levar a mente a uma condição tranqüila é obtida apenas através do esforço permanente. Velhos hábitos de perturbação íntima podem ser dominados pelo exercício. A mente responderá jubilosamente a um treino sistemático.

O primeiro passo a dar é conceber a mente, de forma deliberada, como inteiramente quieta. Pense nela como na superfície de um tanque onde não haja a mais leve sugestão de encrespamento das águas. Figure a mente como imóvel e encha-a de profunda quietude.

Pense em silêncio até que uma atmosfera de silêncio pareça envolvê-lo. Sugira idéias tranqüilas à mente, recordando que seus pensamentos respondem à sugestão. Lenta e deliberadamente, repita as palavras seguintes: tranqüilidade, serenidade, sossego. Imagine lugares silenciosos: os bosques profundos, uma praia de mar solitária, uma estrada de campo afastada, um lago na montanha ao entardecer. Cante ou cantarole um hino, cuja melodia e palavras sejam de tipo tranqüilo, como: "Deixa que tombe Teu sereno orvalho de quietude, até que toda a nossa luta cesse."

O segundo passo para tranqüilizar a mente, e que muitas pessoas consideram bastante eficaz, é fazer uma lista mental das numerosas vezes em que Deus foi bom para com você. Também se pode fazer essa lista em papel, de forma que não só se pense, mas se veja, a lista das boas dádivas de Deus.

Como exemplo de seus muitos atos de bondade, você poderá anotar a recuperação de sua saúde numa ocasião de doença, a orientação que lhe permitiu seguir o caminho certo quando se sentia perplexo, a ocasião em que uma pessoa que lhe é querida foi protegida divinamente, o momento em que, dentro do mais profundo desencorajamento, você conseguiu livrar-se de uma dificuldade.

Então, afirme: "Já que Deus me ajudou tantas vezes, eu continuarei a contar com sua espantosa bondade."

Repita esse exercício diariamente e ficará surpreendido com a nova tranqüilidade de sua mente.

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Autor Desconhecido
 
não informado
não informado
não informado
Não possuímos informações adicionais sobre esse autor.
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.