topo
Diversos
04/02/2012 13:11:35 - Atualizado em 04/02/2012 16:28:18
Os Dons e os Frutos do Espírito Santo

CARISMAS - São dons dados em favor da comunidade (1Cor.12,4-11)

SABEDORIA - É a apreciação adequada das coisas de Deus, da virtude e do bem (Cfr. Prov. 3,13-15)

- Ajuda a conhecer a Deus e a sua vontade.
- Faz-nos ver a vida e a história à luz de Deus.
- Dá o adequado sentido de proporção para sabermos apreciar as coisas de Deus. Damos ao BEM e à VIRTUDE seu verdadeiro valor, e encaramos os bens do mundo como meios, não como fins em si. (Ex.: O homem que perde o seu fim de semana para assistir um retiro espiritual, ou fazer o EJC, foi conduzido pelo DOM DA SABEDORIA, mesmo que não o saiba). Prov 3,13-15: "Feliz o homem que encontrou sabedoria, o homem que alcançou o entendimento. Ganhá-la vale mais do que a prata e o seu lucro mais que o ouro (Midas e Salomão)".
ENTENDIMENTO - Dom divino que nos ilumina para aceitarmos as verdades reveladas por Deus (Jer. 24,7)

- Ajuda a ver as pessoas e o mundo com os olhos de Deus.
- Ajuda-nos a penetrar no sentido dos acontecimentos, por exemplo, no sofrimento. "Há mais alegria em dar do que em receber" (At 20,35).
- Dá a percepção espiritual necessária para entender as verdades da fé. Quem está, por exemplo, com a graça santificante, tem mais capacidade de entender as verdades da fé do que aquele que esteja em pecado. Quem tem a presença do Espírito Santo, possui o dom do entendimento e por isso compreenderá com muito mais rapidez o ponto em questão. Jer 24,7 "Dar-lhes-ei um coração para que me conheçam que eu sou Javé. Eles serão o meu povo e eu serei o seu Deus"..

CONSELHO - É a luz que o Espírito Santo nos dá para sabermos distinguir o certo do errado, o verdadeiro do falso. Aprimora, pois, nosso discernimento nas decisões relacionadas com a vida espiritual e religiosa, à santidade e à moral.

- Ajuda a nos tornar sábios diante da vida.
- Facilita discernir os melhores caminhos a percorrer. Identificamos a própria vocação e os meios concretos de realiza-la.
- Aguça o nosso DISCERNIMENTO. Com a sua ajuda percebemos - e escolhemos - a melhor decisão a ser tomada, aquela que será para a maior glória de Deus e nosso bem espiritual. Portanto, quem deve tomar uma decisão importante sobre a vocação a profissão ou os problemas familiares, será melhor que esteja em ESTADO DE GRAÇA por causa da presença do Espírito Santo.

FORTALEZA - É o dom da coragem para vivermos fielmente a fé no dia-a-dia, mesmo diante do martírio. Faltou a Pedro quando negou a Cristo, mas foi-lhe dado no Pentecostes.

- Ajuda a ter firmeza diante da sedução e oposição do mundo.
- Auxilia-nos a enfrentar as lutas e vicissitudes do cotidiano, a resistir às tentações. Inspira-nos o perdão e a fazer bem. É o dom dos mártires.
- São Paulo e Barnabé, encorajando os discípulos das regiões de Listria, Icônio e Antioquia, os exortavam a PERMANCECER FIRMES NA FÉ, dizendo-lhes: "É preciso que passemos por muitos sofrimentos para entrar no reino de Deus" (At 14,22).

CIÊNCIA - Por esse dom o Espírito Santo nos revela interiormente o pensamento de Deus sobre nós e nos torna aptos a administrar nossa vida espiritual e religiosa (1Cor.2,10-15).

- Ensina a colocar nossa capacidade a serviço dos irmãos e do evangelho.
- Somos capazes de aplicar as luzes obtidas às condições em que nos encontramos.
- Este dom está unido ao dom do CONSELHO. É um passo a mais, uma percepção a mais. Ex.: se percebo que ler certos tipos de leituras frívolas esfriam meu gasto pelas coisas espirituais, o dom da ciência leva-se a deixar de comprar certos tipos de leitura e a procurar leituras espirituais.
- 1Cor 2, 10-13: "A nós, porém, Deus o revelou pelo Espírito. Pois o Espírito sonda todas as coisas, até mesmo as profundidades de Deus. Quem pois, dentre os homens conhece o que é do homem, senão o espírito do homem que nele esta? Da mesma forma, o que está em Deus, ninguém o conhece senão o Espírito de Deus. Quanto a nós não recebemos o espírito do mundo, mas o espírito que vem de Deus, a fim de que conheçamos os dons da graça de Deus. Desses dons não falamos segundo a linguagem ensinada pela sabedoria humana, mas segundo aquela que o Espírito ensina, exprimindo realidades espirituais em termos espirituais".

PIEDADE

- É o dom pelo qual o Espírito Santo nos dá o gosto de amar e servir a Deus com alegria. Sabor das coisas de Deus. Intimidade com Deus.

- Ensina a ter gosto pelas coisas de Deus e pelo seu serviço.
- Ajuda-nos a rezar, a gostar das coisas espirituais, a nos entregar a Ele.
- Originariamente, a palavra PIEDADE indicava a atitude de uma criança para com seus pais, uma combinação de amor, confiança e respeito. Viver o dom da piedade é ter este tipo de atitude para com Deus, nosso Pai. É um dom que nos leva a ter mais intimidade com Deus.

TEMOR DE DEUS

- Não quer dizer "medo de Deus", mas "medo de ofender a Deus". Receio de não estar retribuindo o amor que Lhe é devido. É mais respeito e estima de Deus. Preocupação de ser bom, amável e fiel a Deus.

- Receio de não estar retribuindo o amor de Deus.
- Respeito. Tão grande é o amor, que temos receio de ofender a nosso Pai.
- Equilibra o dom da Piedade. Lembrar-se de que um dia termos que responder pelos nossos atos e pelas graças que Ele os concedeu. Diante de Deus, nos dará um santo temor de ofendê-lo pelo pecado. (HOJE EM DIA PECA-SE ACHANDO-SE QUE NÃO TEM NADA DEMAIS! VIVE-SE EM ESTADO DE PECADO ACHANDO-SE QUE É UMA PESSOA MUITO RELIGIOSA...)

OS DOZE FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO: Caridade - gozo - paz - paciência - benignidade - bondade - longanimidade - mansidão - fé - modéstia - continência - castidade.

SÃO O RETRATO DO CRISTÃO AUTÊNTICO (as 12 pinceladas): COMO É A PESSOA QUE VIVE EM ESTADO DE GRAÇA SANTIFICANTE? ELA É:

GENEROSA: Sabe ver Cristo no seu próximo, está sempre disposta a ajudá-lo (Ex.Ç Pedra Angular e Projeto Divino) - É a CARIDADE.

ALEGRE E OTIMISTA: Quando ela está presente, é como se o sol brilhasse com um pouco mais de luz para todos. Todo mundo começa a sorrir, ficam mais delicado. É o GOZO.

SERENA E TRANQÜILA: Os psicólogos costumam dizer que tal pessoa tem "personalidade equilibrada". Sua fronte pode franzir-se com preocupações, nunca por uma aflição ou angústia. (HOJE É COMUM A "DEPRESSÃO", A SÍNDROME DO PÂNICO... BUSCAR O ESPÍRITO SANTO). É a PAZ.

NÃO SE IRRITA FACILMENTE: Não guarda rancor pelas ofensas, não se perturba quando as coisas correm mal. Se fracassa, recomeça sempre sem culpar a ninguém. É a PACIÊNCIA.

AMÁVEL: Todos a procuram em seus problemas porque está sempre disposta a ajudar a ouvir. Tem uma consideração especial pelas crianças e anciãos, aflitos e atribulados. É a BENIGNIDADE.

DEFENDE COM FIRMEZA A VERDADE E O DIREITO, mesmo que os outros a abandonem. Não julga os outros. Dificilmente critica e nunca condena. Suporta a fraqueza dos outros, mas jamais contemporiza com o mal. É a BONDADE.

NÃO SE REVOLTA COM O INFORTÚNIO, O FRACASSO, A DOENÇA, A DOR. Levanta os olhos ao céu cheios de lágrimas, mas jamais se revolta. É a LONGANIMIDADE.

DELICADA E DISPONÍVEL: Entrega-se totalmente a qualquer tarefa que surja (topa tudo) mas sem ser ambiciosa. Nunca procura dominar os outros, sem querer ser "o maior", sem ficar brigando ou disputando. É a MANSIDÃO.

SENTE-SE ORGULHOSA DE PERTENCER AO CORPO MÍSTICO DE CRISTO, a sua Igreja, sem coagir os outros a engolir a sua religião. Não tem medo de mostrar suas convicções religiosas. Não tem "respeito humano". Defende a verdade com bravura quando ela é atacada na sua presença. É a FÉ.

NÃO QUER SER OCASIAO DE PECADO no seu modo de vestir, de falar e de comportar-se. Há nela uma decência que a fez fortalecer a virtude dos outros, jamais enfraquecê-la. É a MODÉSTIA.

MODERADA: Sabe controlar as paixões pela razão e pela graça. Não está num dia no auge da exaltação e no outro da depressão. Comendo ou bebendo. Trabalhando ou se divertindo, mostra um domínio admirável de si. É a CONTINÊNCIA.

VÊ O SEXO COMO ALGO PRECIOSO E SAGRADO, um vínculo de união para ser usado no momento de entrega de vida a alguém que merece, dentro do matrimônio, no ambiente familiar, e não unicamente como fonte de prazer egoísta. É a CASTIDADE.

VAMOS COMPARAR O NOSSO PERFIL COM O DO RETRATO ACIMA E VER ONDE ESTAMOS.

Obras contra o Espírito Santo - "Fornicação, impureza, desonestidade, idolatria, magia, inimizades, brigas, ciúmes, rixas, iras, discórdias, etc. Os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus!" Gal. 5,19-21:

Perguntas:

1 - Como é que o Espírito Santo age em nós?
2 - Quais os dons do Espírito Santo que mais agem em você?
3 - Quais as obras contra o Espírito Santo que você mais observa em seu redor?

Texto: www.saoluis.org.br

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Autor Desconhecido
 
não informado
não informado
não informado
Não possuímos informações adicionais sobre esse autor.
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.