topo
Natalinas
05/02/2012 11:46:29 - Atualizado em 05/02/2012 12:21:33
As Antífonas do "Ó"

O ponto culminante do Advento são os dias desde o 17 ao 24 de Dezembro, porque têm uma posição notoriamente privilegiada uma vez que são estabelecidos como preparação imediata do Natal e precedem a todas as memórias, como uma espécie de "novena natalícia" e orientam os textos da celebração da missa e da Liturgia das Horas, num certo modo, por graus, para a festa do Mistério do Natal. O que assinala especialmente estes dias são as maravilhosas antífonas do Magnificat e agora, na liturgia renovada, os sete "Aleluia" da Missa, que começam sempre pela exclamação "Ó", daí o seu nome. Elas existem já desde o século VII ou VIII e são verdadeiras obras de arte literária e musical. Relacionam a invocação do Messias ("Ó") com a súplica da sua vinda e introduzem a palavra "vem!", a partir de citações da Escritura do Antigo Testamento, principalmente do livro de Isaías. Descobriu-se ainda que nas letras iniciais das sete antífonas formam a palavra latina "ERO CRAS": amanhã estarei presente.

 

Dia 17 de Dezembro

O Sapientia
Quae ex ore altissimi prodiisti
Fortiter attingens a fine usque ad finem
Fortitter suaviter disponens omnia
Veni ad docendum nos viam prudentiae

Ó Sabedoria
Que saindo da boca do Altíssimo
Atinges o universo do começo ao fim
E dispõe forte e suavemente todas as coisas
Vinde ensinar-nos o caminho da prudência


 

Dia 18 de Dezembro

O Adonai
Et dux domus Israel
Qui Moysi in igne flammae ru-bi apparuisti
Et ei in Sina legem dedisti
Veni ad redimendum nos in brachio extento

Ó Senhor
Chefe da Casa de Israel
Que apareceste a Moisés na sarça
em fogo
E deste-lhes no Sinai a Lei
Vinde resgatar-nos com teu braço
estendido

 

Dia 19 de Dezembro

O Radix Jesse
Qui stas in signum populorum

Super quem continebunt reges os suum
Quem gentes deprecabuntur
Veni ad liberandum nos
Jam noli tardare

Ó Raiz de Jessé
Que te ergues como um estandarte para os povos
Diante de quem se calarão os reis
E a quem as nações pedirão clemência
Vinde libertar-nos
Não tardeis

 

Dia 20 de Dezembro

O Clavis David
Et sceptrum domum Israel
Qui aperis et nemo claudit
Claudis et nemo aperit
Veni, et educ vinctum de domo carceris
Sedentem in tenebris et umbra mortis

Ó Chave de Davi
E cetro da Casa de Israel
Que abres e ninguém fecha
Que fechas e ninguém abre
Vinde tirar do cárcere o prisioneiro
Que está nas trevas e na sombra da morte

 

Dia 21 de Dezembro

O Oriens
Splendor lucis aeternae et sol justitiae
Veni, et illumina
Sedentes in tenebris et umbra mortis
 

Ó Astro nascente
Esplendor da luz eterna e sol de justiça
Vinde e iluminai
Os que jazem nas trevas e na sombra da morte

 

Dia 22 de Dezembro

O Rex gentium
Et desideratus earum
Lapisque angularis
Qui facis utraque unum
Veni, et salva hominem
Quem de limo formasti

Ó Rei das nações
Delas desejado
Pedra angular
que tudo unifica
Vinde salvar o homem
Que do limo formastes

 

Dia 23 de Dezembro

O Emmanuel
Rex et legifer noster
Exspectatio gentium
Et Salvator earum
Veni, et salvandum nos
Domine Deus noster

Ó Emanuel
Rei e legislador
Esperança das nações
E seu salvador
Vinde para salvar-nos
Senhor nosso Deus

 

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Santa Mãe Igreja
 
Não informado
Não informado
www.vatican.va
O material aqui disposto corresponde a materiais históricos que compõem a vida da Igreja Católica. Muitos desses documentos, textos, cânticos, etc, não possuem ...
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.