topo
Campanhas
17/02/2013 12:13:23 - Atualizado em 17/02/2013 12:13:23
Campanha “40 DIAS NO DESERTO COM JESUS” de Jejum e Oração 2013
“Cheio do Espírito Santo, voltou Jesus do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto, onde foi tentado pelo demônio durante quarenta dias.” (Lc 4, 1-2a)

O SENTIDO DE DESERTO

“Cheio do Espírito Santo, voltou Jesus do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto, onde foi tentado pelo demônio durante quarenta dias.” (Lc 4, 1-2a)

Também nós queremos que o Espírito Santo nos conduza ao deserto! Na tradição bíblica e também nos primeiros séculos da Igreja, o deserto é considerado um lugar especial de encontro com Deus: “Por isso a atrairei, conduzi-la-ei ao deserto e falar-lhe-ei ao coração” (Os. 2, 16).
Ir ao deserto com Jesus durante este tempo de quaresma – ou outro tempo que você mesmo eleger (não necessariamente a quaresma) – é colocar-se no firme propósito de ter um encontro com Deus e com nossa própria verdade. O deserto não é um lugar, mas uma disposição espiritual.

Os “demônios” que precisamos enfrentar estão, antes de tudo, dentro de nós. São nossos próprios traços de personalidade, inclinações, atitudes que precisam ser reconciliados ou até mesmo vencidos, “exorcizados” para vivermos debaixo da Vontade de Deus.

Uma batalha que se trava no decorrer de toda a vida. Sempre precisaremos de mudança, conversão. Ninguém se sinta pronto por ter percorrido um determinado trecho de sua senda espiritual. Sempre haverá a necessidade de se colocar novamente a caminho, de se confrontar, de mudar, de crescer. É tarefa de uma vida inteira.
É preciso ainda lembrar que, sem a graça de Deus, toda ascese (disciplina espiritual) é vã. A iniciativa é de Deus! É o Espírito Santo quem conduz Jesus ao deserto. “Porque é Deus quem segundo o seu beneplácito, realiza em vós o querer e o executar.” (Fp 2, 13)

 

ENTRANDO NO DESERTO

 

Entre no deserto! Mas entre com a determinação de abrir-se à Palavra e à Graça de Deus. Ninguém julgue estar pronto para essa empreitada por si mesmo. Não temos que provar nada a Deus. Não temos que “obrigá-lo” a fazer algo por nós, pois suas ações em nosso favor são sempre amorosas. O jejum é uma prática voltada para nosso crescimento e não para um Deus que exige sacrifício. Jesus já realizou o único e definitivo sacrifício, oferecendo-se por todos nós na cruz (Hb 10, 10).

Os 40 DIAS nos lembram os 40 dias que Jesus esteve no monte das tentações. O tempo dedicado ao jejum é reservado para buscar o Senhor, mesmo em meio às atividades cotidianas. Em Mt 6, 1-18, vemos como Jesus indica o jejum, a oração e a esmola como sinais característicos da vida de um cristão fiel. Em alguns momentos de decisão, porém, somos convocados a intensificar nossa comunhão com o Senhor.

Outro fator importante em um tempo de jejum é o propósito que nos move a fazê-lo. Um jejum sem propósito definido é como vagar num túnel escuro, sem se saber de onde ou para onde se vai. Olhando as Sagradas Escrituras, encontraremos muitas razões que levaram as pessoas ao jejum. Se vamos jejuar temos que ter objetivos firmes e claros pelos quais lutar:

  • Estar com Deus; receber sua Palavra e alguma orientação concreta; interceder por alguém ou alguma situação; enfrentar o “inimigo” e suas tentações; etc...

 

COMO FAREMOS NOSSO JEJUM?

 

Jejuaremos às QUARTAS E SEXTAS-FEIRAS durante o período de nossa Campanha, como estará indicado no roteiro à frente. Mas, durante os 40 dias, evitaremos alimentos pelos quais buscamos mais saciar nosso gosto do que as necessidades de nosso organismo (doces, refrigerantes, excesso de frituras ou outros alimentos que constituem hábitos alimentares aos quais estamos apegados). Além disso, evitando extravagâncias, vamos escolher entre duas opções:

  • Iniciar a alimentação diária só a partir das 12h, ou simplesmente cortar uma das refeições do dia.

Cuidado somente para não “descontar” na próxima refeição para compensar o que não foi comido. Pessoas que fazem uso de medicação devem estabelecer o jejum em conformidade com o horário dos remédios, bem como aquelas com problemas de pressão alta, diabetes ou outro tipo de limitação de saúde ou restrição alimentar podem fazer jejum de televisão, conversas ou outras coisas. Mas lembre-se: inicialmente o jejum consta de algum sacrifício na alimentação.

 

UM CAMINHO ORACIONAL COM A PALAVRA

 

Serão 40 DIAS no deserto bebendo da água da vida. As meditações irão possibilitar sua reflexão sobre diversos textos bíblicos que se referem à água. O centro é Jesus. É Ele a Fonte de Água Viva que sacia nossa sede. Seremos conduzidos até o Monte Calvário, na Sexta-feira Santa – nosso último dia de oração e jejum – e, dali, à Páscoa do Senhor, manancial inesgotável de vida nova. Contemplaremos o peito aberto do Senhor, deixando dele jorrar Sangue e Água, fontes da Eucaristia e do Batismo.

Optei por não colocar o dia do mês e da semana no roteiro para que você possa usá-lo em qualquer época do ano. Certamente será de muito proveito espiritual para você repetir este roteiro em algum outro momento.

Procure sempre ter com você UM COPO COM ÁGUA para rezar a cada dia, sempre terminando por beber da água. Se você tiver Água Benta, tanto melhor. Na Solene Vigília Pascal, no Sábado Santo, quando você renovar suas promessas batismais e ao ser aspergido pela água, você o fará com muito mais profundidade. Tenho certeza disso. Faça a experiência!

 

Roteiro para a campanha “40 DIAS NO DESERTO COM JESUS” de Jejum e Oração

 

Oferecimento Diário da Oração e Jejum

 

Pai misericordioso que sondas todas as coisas e que vês o que está oculto, dedico este dia de oração (e jejum) para que eu possa entrar em comunhão profunda com teu amor. Inspira-me com tua luz, defenda-me com tua graça, santifica-me com teu Espírito. Possam me valer o preciosíssimo sangue de Jesus, a intercessão da bem-aventurada Virgem Maria e dos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael.
Jesus, Fonte de Misericórdia que jorra do Trono, que nos comunicas o Espírito Santo sem medidas, peço-te: dá-me da tua Água Viva (repita 3x)!  Amém.

 

1º dia: Água Primordial
Pela virtude das águas primordiais das quais tudo foi criado, para que minha origem seja recriada no amor, bendita seja esta água!
Medite em Gênesis 1, 1-10.
Deus é a origem de todos os seres, do universo inteiro. Pense em toda beleza que existe ao nosso redor e isto é apenas um pequeno grão de areia, diante do universo. Igualmente é maravilhosa a vida humana. A água aí está. Assim como o Espírito Santo pairava sobre as águas, deixe que Ele paire sobre sua origem. Entregue o período de sua gestação nas mãos de Deus.
Beba do copo com água!

 

2º dia: Água de Renovação
Pela renovação feita com as águas do dilúvio, para que tudo em mim se renove, bendita seja esta água!
Medite em Gênesis 7.
Foi necessário um novo início para a humanidade. As águas vieram para tirar a maldade que tinha tomado conta das pessoas. O que as águas precisam “inundar” para que seja renovada sua vida? Ao tomar hoje seu banho, peça esta renovação. Vá se preparando para fazer uma boa confissão nesta quaresma.
Beba do copo com água!

 

3º dia: Água da Aliança
Pela Aliança que fizestes com Noé e toda a humanidade pelo Arco colocado no céu, para que eu tenha sempre firmada em mim tua Aliança, bendita seja esta água!
Medite em Gênesis 9, 8-17.
Agradeça a Deus pela Aliança que Ele fez com você e com toda a humanidade. Cada vez que vejo um arco-íris vejo nele um sinal do amor salvador de Deus. Procure interiorizar este sinal e, ao ver um arco-íris, veja nele esta manifestação simples e bela da natureza que nos fala de algo sobrenatural.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

4º dia: Água da Providência
Pela providência nas águas das quais Moisés foi salvo, para que a Providência Divina atue em minha vida, bendita seja esta água! 
Medite no Êxodo 2, 1-10.
A Providência divina tem muitas formas de agir. Esteja hoje consciente da ação da Providência, mesmo quando tudo parece incerto. Você perceberá que ela chega a você nos pequenos detalhes. Como sempre gosto de dizer: Deus está nos detalhes!
Beba do copo com água!


 

5º dia: Água de Libertação
Pela libertação operada no recuo das águas do Mar Vermelho, para que todo jugo de escravidão se quebre em mim, bendita seja esta água! 
Medite no Êxodo 14, 21-31.
Lembre-se da música que diz: “Se diante de mim não se abrir o mar, Deus vai me fazer andar por sobre as águas”. Creia nisto! Seus problemas podem ser grandes, mas o seu Deus é maior. Ele liberta você do poder do inimigo.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

6º dia: Água de Purificação
Pela purificação das águas amargas que se tornaram apropriadas no lançar do madeiro, para que toda amargura seja retirada de mim, bendita seja esta água! 
Medite no Êxodo 15, 22-27.
O que anda amargo em você? Você tem sido amargo com os outros? A cruz de Jesus é o “madeiro” que tem o poder de tirar a amargura da sua alma. Seria interessante você fazer uma infusão com alguma erva amarga para beber.
Beba do copo com água!
 

7º dia: Água do Rochedo
Pela sede saciada através da água que jorrou da rocha no Horeb, para que seja retirada de meu coração a dureza, bendita seja esta água! 
Medite no Êxodo 17, 1-7.
Tire do seu coração a murmuração que produz dureza. Jesus é o Rochedo que nos dá água viva. Não reclame de nada, hoje. Talvez você perceba que ao abraçar este propósito, situações que o levem a reclamar apareçam ainda mais. É sinal de que você está no caminho certo.
Beba do copo com água!


 

8º dia: Água de Intercessão
Pela ação intercessora dos sacerdotes que abrem as águas, para que meus caminhos sejam abertos, bendita seja esta água!
Medite em Josué 3,1­17. Cremos na comunhão dos santos. A oração de todos os fiéis em Cristo é bênção em nossa vida. Em especial, o Senhor deixou em sua Igreja os sacerdotes para abençoar. Se possível, procure hoje a bênção de um sacerdote.
Beba do copo com água!

 

9º dia: Água do Combatente
Pelo chamado feito aos guerreiros de Gedeão, para que eu me torne um guerreiro do Senhor em todas as suas batalhas, bendita seja esta água!
Medite em Juízes 7, 1-7.
O guerreiro de Deus vai além daquilo que se espera dele. Ele está sempre pronto para guerrear, sempre “de pé”, priorizando a batalha do Senhor e não a si mesmo. Este é o sentido do gesto daqueles 300 separados para a batalha. Estarei entre eles?
Beba do copo com água!


 

10º dia: Água da Provisão
Pelo cuidado divino manifestado nas águas da torrente de Carit das quais bebeu o profeta Elias, para que eu seja sempre conduzido à Fonte, bendita seja esta água! 
Medite em 1Reis 17, 1-6.
Deus sempre proverá uma fonte para você em meio à “seca” da vida. Creia que Ele proverá uma torrente para suprir suas necessidades. Profetize esta Palavra especialmente para alguma área de sua vida que precise de uma nova provisão.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

11º dia: Água da Promessa
Pelas águas profetizadas por Eliseu, mesmo quando tudo parece mostrar o contrário, para que eu me abra às promessas de Deus, bendita seja esta água.
Medite em 2Reis 3, 13-20.
Nem sempre os sinais da bênção de Deus são claros. Eles podem não ser notados, mas a bênção vem. O verdadeiro servo espera nas promessas do Senhor e não nos seus sinais. Deus busca homens e mulheres que vivam nesta perspectiva. Poderá contar com você?
Beba do copo com água!

 

12º dia: Água de Restauração
Pela cura operada no sírio Naamã ao banhar-se nas águas do Jordão, para que meu corpo seja preservado na saúde, bendita seja esta água! 
Medite em 2Reis 5, 1-19.
Se Deus lhe diz algo, faça. Isto levará você à cura. Banhar-se sete vezes é sinal de perseverança (uma após outra) e aponta a plenitude (o número 7). Persevere e você será conduzido à plenitude de Deus. Ao beber da água hoje, faça isto em sete goles, pedindo, um após outro, para que a cura do Senhor se estenda a todo seu ser.
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

13º dia: Água de Frutificação
Pelas águas que banham as raízes plantadas à margem dos regatos divinos, para que meu ser seja sempre irrigado com a graça, bendita seja esta água!
Medite no Salmo 1.
Que promessa forte da parte do Senhor! Certifique-se de que sua vida está em Deus, pois você dará frutos na época apropriada e o que você empreender, prosperará.
Beba do copo com água!

 

14º dia: Água de Refrigério
Pelo zelo do Bom Pastor que conduz as ovelhas às águas de refrigério, para que eu possa atravessar incólume os desertos da vida, bendita seja esta água! 
Medite no Salmo 22.
O que importa é ser conduzido pelo Bom Pastor, mesmo quando se atravessa os vales escuros. Ele nunca deixará você morrer de sede. Reze este Salmo hoje pelo menos três vezes em horas diferentes do seu dia.
Beba do copo com água!

 

15º dia: Águas de Fertilidade
Pelas águas que correm e fertilizam a terra, para que meus projetos sejam fertilizados e meu ser se rejubile em louvor ao Senhor, bendita seja esta água!
Medite no Salmo 64.
A divina fonte está jorrando em sua vida. Mas de que adianta isto se você não lança boas sementes através de projetos concretos de crescimento? Faça a sua parte!
Beba do copo com água!

 

16º dia: Água do Florescimento
Pelas águas que o Salvador faz correr pela terra, fazendo florescer a justiça, para que a abundância da paz venha à minha casa, bendita seja esta água!
Medite no Salmo 71.
Jesus é o cumprimento de todas as promessas messiânicas. Adore o Senhor dos senhores. Passe o dia de hoje em louvor por tudo que Jesus é e faz em sua vida e na terra inteira. Se possível, faça um momento de adoração ao Santíssimo.
Beba do copo com água!


 

17º dia: Água do Clamor
Pelas águas que irrigam a terra árida com uma nova esperança, para que minh’alma seja saciada pela divina presença, bendita seja esta água!
Medite no Salmo 142.
Clame ao Senhor. Tenha sede d’Ele como a terra seca tem sede das águas. Clame por você e por todos os necessitados. É bom tirar os olhos apenas de si e perceber que existem pessoas que passam por angústias tremendas.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

18º dia: Água da Fonte
Pelas águas da nascente protegida e da fonte selada pelo amor, para que minha vida seja guardada e selada pelo Divino Espírito, bendita seja esta água!
Medite nos Cânticos 4, 12-16.
Imagine um lindo jardim, cercado e banhado por uma fonte que se encontra em seu centro. Assim é a alma daquele que confia no Senhor. Você é este jardim. A fonte é o centro do seu ser. Ao ver um jardim, contemple ali Deus cuidando de você.
Beba do copo com água!


 

19º dia: Água da Sabedoria
Pelas águas da sabedoria que jorram do interior daquele que vive em comunhão com o Senhor, para que eu seja fortalecido e me torne inabalável nas provações, bendita seja esta água!
Medite no Eclesiástico 15, 1-4.
Tantos pedem tanta coisa e não buscam o essencial: a sabedoria! A busca da sabedoria deveria ser uma prioridade na vida de cada um de nós. Peça-a, insistentemente, ao Espírito Santo. “Dá-me, Senhor, a sabedoria que partilha do vosso trono.” (Sb 9,4ª)
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

20º dia: Água do Manancial
Pelo manancial das águas de salvação prometidas por Deus através do profeta Isaías, para que eu sempre possa delas haurir, bendita seja esta água!
Medite em Isaías 12.
Imagine um poço de águas cristalinas e puras. Pela sua oração você lança bem ao fundo o balde para recolher esta água. Esta água lhe dá forças e afasta todo medo.
Beba do copo com água!
 

 

21º dia: Água da Primavera
Pelas águas que se derramam do alto e mudam o deserto em vergel, para que semeie à margem de todos os cursos de água que o Senhor me dá, bendita seja esta água!
Medite em Isaías 32, 15-20.
Seja generoso ao semear a Palavra, a bondade, a gentileza, o sorriso, a solidariedade... Todas as circunstâncias podem se tornar cursos de água jorrando em seu caminho. Esteja atento ao dia de hoje para perceber como isto se dá. Não procure condições ideais, elas se apresentam na rotina mesma.
Beba do copo com água!

 

22º dia: Água do Crescimento
Pelas águas que jorram no deserto e as torrentes na estepe, para que possa crescer em mim tudo aquilo que me eleva, bendita seja esta água!
Medite em Isaías 35.
Caniços e papiros brotam em regiões alagadas e não nos desertos e estepes, mas quando Deus libera sua Palavra que tudo cria e transforma, tudo se torna possível. Isto mostra que a ação da graça de Deus pode fazer crescer em você tudo aquilo que o elevará verdadeiramente. Esteja aberto e você verá esta bênção acontecendo.
Beba do copo com água!


 

23º dia: Água da Fidelidade
Pela verdadeira água que não pode ser contida nas cisternas fendidas da autossuficiência, para que a fidelidade seja a marca de meus relacionamentos, bendita seja esta água!
Medite em Jeremias 2, 10-13.
Renove hoje sua fidelidade a Deus. Renuncie às crendices, superstições e doutrinas falsas. Renove também sua fidelidade nos relacionamentos que você mantém. Lembre-se do que diz o Senhor na Carta aos Hebreus: “O meu justo viverá pela fé”(Hb 10, 38). Outras traduções trazem o verbete fidelidade.
Beba do copo com água!

 

24º dia: Água de Cura
Pela força de restauração nas águas que correm do templo, que por onde passam tudo sanam, para que meu ser por elas seja restaurado, bendita seja esta água! 
Medite em Ezequiel 47, 1-12.
Deixe que a água viva do Senhor envolva todo o seu ser. Silencie e medite nesta água envolvendo cada área de sua vida, sanando, restaurando, curando e despertando novos potenciais. Num gesto consciente, regue uma planta que você tiver em sua casa e medite, enquanto você faz isto.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

25º dia: Água das Estações
Pelas águas que jorram no inverno e no verão e que correm em todas as direções, para que o reinado do Senhor se estenda em todas as dimensões do meu ser, bendita seja esta água!
Medite em Zacarias 14, 6-9.
Falar em dimensões da vida é mais do que falar das áreas. As dimensões implicam o espírito, a alma (mente e sentimentos) e o corpo. É o seu ser se expandindo por igual. Esta é uma perspectiva que, infelizmente, poucos cristãos são conscientes e, por isto, deixam de desfrutar uma vida vitoriosa.
Beba do copo com água!

 

26º dia: Água da Filiação
Pela declaração de amor feita pelo Pai a Jesus nas águas do Jordão, para que eu acolha, na emanação do meu Batismo, a afeição do Pai por mim, bendita seja esta água!
Medite em Mateus 3, 13-17.
Pelo Batismo, o Pai deposita em nossa vida a mesma afeição que Ele colocou em Jesus. Receba este bem-querer que amoriza, integra, conduz e faz você caminhar positivamente em todas as circunstâncias.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

27º dia: Água do Serviço
Pela gratuidade manifesta no copo com água que se oferece a um pequenino, para que minha vida se torne serviço em todos os meus gestos e palavras, bendita seja esta água!
Medite em Mateus 10, 40-42.
O discípulo de Jesus serve em todos os momentos. O cotidiano é cheio de oportunidades para prestar pequenos serviços, especialmente aos mais necessitados. Perceba como você tem exercido este serviço e faça de cada gesto seu, um gesto de serviço generoso.
Beba do copo com água!

 

28º dia: Água do Jordão
Pela conversão sinalizada nas águas do Jordão onde João batizava, para que eu me converta de todo pecado, bendita seja esta água!
Medite em João 1, 19-28.
Entre nas águas da conversão com João para provar o fogo do Espírito Santo que Jesus envia sobre seus discípulos. Ele é quem batiza no Espírito Santo. Cultive um espírito de humildade. Não deixe que o orgulho domine você.
Beba do copo com água!

 

29º dia: Água da Multiplicação
Pela abundância comunicada na água transformada em vinho nas bodas de Caná, para que se multiplique o que falta em mim, bendita seja esta água!
Medite em João 2, 1-12.
Este texto é tão rico em cada detalhe. Coloque-se no lugar de cada um dos personagens e, por fim, deixe que Jesus transforme as águas no bom vinho de tudo aquilo que ainda falta em sua vida. Você pode, simbolicamente, beber hoje um cálice com vinho. Faça-o de forma meditada.
Beba do copo com água!

 

30º dia: Água da Transformação
Pelo dom da Graça divina prometida por Jesus à samaritana na água por Ele oferecida, para que eu receba a água da vida, bendita seja esta água!
Medite em João 4, 1-42.
Acompanhe cada etapa desta história. Há uma evolução na abertura da samaritana, à medida que ela se deixa confrontar pela presença de Jesus. Resultado: ela se torna uma nova mulher; encontrou um amor que procurava e que nunca poderia ser achado em criatura alguma, mas só em Deus. Passe pelo processo de transformação operada na vida da samaritana. Receba da água da vida que Jesus oferece e testemunhe sua fé.
Beba do copo com água!
 

31º dia: Água do Anjo
Pela presença do Anjo movendo as águas por ele visitadas e que a todos curava, para que eu mergulhe neste banho restaurador, bendita seja esta água!
Medite em João 5, 1-18.
Água parada, ao invés de produzir vida, produz morte. Não basta ter água dentro de você, se sua vida espiritual está estagnada. O que precisa entrar em movimento em seu ser? Que áreas estão “paralisadas”? Deixe o movimento do Anjo chegar às regiões profundas de sua alma.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

32º dia: Água do Espírito
Pela fonte plantada pelo Espírito Santo, como água que corre do interior de quem crê, para que a fecundidade me siga por onde eu for, bendita seja esta água!.
Medite em João 7, 37-39.
Que maravilhosa promessa feita por Jesus. Você não só beberá da Água que Ele oferece, mas terá plantados em seu interior rios de água viva. Veja que está no plural: rios! É a plenitude comunicada a você pelo Espírito Santo. Creia e rejubile-se.
Beba do copo com água!


 

33º dia: Água da Visão
Pela visão restituída ao cego ao lavar seus olhos nas águas da piscina de Siloé, para que meus olhos se abram e eu veja o caminho que devo seguir, bendita seja esta água!
Medite em João 9.
Um dos mais significativos textos do Evangelista João: o cego que chega a ver, pela fé. Este texto tem origem batismal e era usado na catequese dos catecúmenos (aqueles que se preparavam para o Batismo). O crente enfrenta obstáculos e perseguições que se antepõem no seu caminho. Lave-se na água desta “piscina” para que você veja claro. Ore, lavando seus olhos.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

34º dia: Água da Humildade
Pela humildade feita serviço nas águas com as quais Jesus lavou os pés dos discípulos, para que se torne serviço ao próximo o que tenho e sou, bendita seja esta água!
Medite em João 13, 1-20.
Jesus abaixa-se à altura dos pés dos discípulos. Que lição de humildade demonstrada por nosso Mestre. Na verdade, a vida de Jesus foi toda ela esse movimento de vir ao nível da “terra” (húmus > humildade), já no momento de sua encarnação. Humildade não é anular-se, mas continuamente colocar-se na postura de servo. Deixe que o Senhor lave seus pés. Faça esta experiência, banhando simbolicamente seus pés.
Beba do copo com água!

 

35º dia: Água da Misericórdia
Pela misericórdia derramada na Água que jorrou do peito aberto de Jesus, para que no Divino Coração eu encontre abrigo e proteção, bendita seja esta água!
Medite em João 19, 17-36.
Todas as promessas feitas por Jesus, de que daria a Água da Vida a todos que a Ele fossem, apontam para esse derradeiro momento em sua vida. Na cruz, vemos Nosso Senhor derramando sua misericórdia que nos renova pelos sacramentos da Igreja. Ore hoje com uma cruz junto a você.
Beba do copo com água!

 

36º dia: Água da Fé
Pela vida nova recebida pelo eunuco nas águas em que foi batizado pelo apóstolo Filipe, para que tudo se faça continuamente novo em mim, bendita seja esta água!
Medite nos Atos 8, 26-40.
A fé vem pelo ouvir, uma acolhida profunda da Palavra que tem o poder de transformar uma vida. Assim aconteceu com o eunuco. Logo após o Batismo, o apóstolo Filipe foi arrebatado pelo Espírito para outras paragens. Cabia àquele homem fazer, agora, seu caminho de fé. Assim também com você: é necessário que você faça seu caminho. Comprometa-se na fé. Reze o Credo.
Beba do copo com água!


 

37º dia: Água da Vida Nova
Pela água que brotou da pedra espiritual que é Cristo, para que eu viva num contínuo processo de mudança de vida e mantenha a vigilância sobre meus atos, bendita seja esta água!
Medite em 1Coríntios 10, 1-13.
Paulo faz a releitura sobre o acontecido no deserto, aplicando esta maravilhosa e, ao mesmo tempo, dura experiência do Povo de Deus à vida do cristão. É preciso manter-se vigilante. Fica o alerta do apóstolo a cada um de nós: quem pensa estar de pé veja que não caia. E eu completo dizendo: se você caiu, coloque-se logo de pé. Já se confessou para preparar a Páscoa?
Beba do copo com água!

 

38º dia: Água Doce
Pela água doce que jorra da boa fonte e que sacia a sede, para que minha língua seja sempre fonte de bênção e nunca de maldição, bendita seja esta água!
Medite em Tiago 3, 1-12.
Um dos pontos de maior queda na vida de todos nós: a língua. Como é necessário vigiar a língua. Quantas vidas destruídas pela língua, através da fofoca, calúnia, críticas e maldições. Como você tem usado sua língua? Tire de sua boca todas as palavras que expressem todos estes elementos apontados. Experimente elogiar, destacar os pontos positivos sobre o outro, calar-se para não falar mal de outrem, não emprestar seus ouvidos àqueles que fazem isto. Ao beber da água, demore um pouco com ela em sua boca e peça purificação.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum.

 

39º dia: Água da Santificação
Pela filiação divina que me foi outorgada nas águas do Batismo nas quais fui lavado, para que eu me torne digno desta graça, bendita seja esta água!
Medite em 1Pedro 3, 13-22.
Santificar no coração Cristo, o Senhor! Isto se dá ao levar uma vida reta. Não é apenas não fazer o que é errado, mal, mas fazer o bem, marcar todos os atos e palavras com o Amor. Se você colocar amor em tudo que você faz e fala, pode ter certeza de que estará no caminho certo e Jesus será santificado em seu coração. Não é complicado, mas, certamente, é desafiante.
Beba do copo com água!

 

40º dia: Água da Nova Jerusalém
Pela herança final que me espera na água do Rio da Vida que corre do Trono de Deus, para que eu possa dela beber na eternidade feliz, bendita seja esta água!
Medite em Apocalipse 22.
Que maravilhosa visão que alimenta nossa esperança, sustenta nossa fé e nos impulsiona na caridade. Esse é o destino final que espera todo aquele que se mantém fiel e perseverante. Agradeça à Santíssima Trindade – ao Pai e a Jesus e ao Espírito Santo – por este caminho espiritual trilhado por você nestes dias. A Páscoa (passagem) de Jesus aponta-nos a Páscoa definitiva. Não é preciso temer a morte e a dor. Ele é com você e continuamente oferecerá a você a Água da Vida, em cada etapa de seu caminho. Peça a graça da perseverança em cada circunstância. Que nada nem ninguém o afaste deste certame.
Beba do copo com água!
* Lembre-se: hoje é dia de jejum e abstinência de carne.
 

 

O Espírito e a Esposa dizem: Vem!
Possa aquele que ouve dizer também: Vem!
Aquele que tem sede, venha!
E que o homem de boa vontade receba, gratuitamente, da água da vida!”
Ap 22,17

 

Faremos a entrega deste tempo de jejum e oração no Domingo de Páscoa, dia 31/03, participando da Procissão da Ressurreição com o Santíssimo Sacramento, às 18h30, saindo da Capela São Roque até a Matriz, onde acontece a Solene Missa da Páscoa!

Cristo está vivo entre nós, confirmando nossa fé, tornando-nos herdeiros de todas as suas promessas. Alegre-se!

Nesse dia, não se esqueça de trazer pelo menos UM QUILO DE ALIMENTO NÃO PERECÍVEL para partilhar com nossos irmãos mais carentes e CONSAGRAR O SEU DÍZIMO como sinal concreto de seu compromisso com o Senhor e a Comunidade.

 

BAIXE A VERSÃO NO FORMATO PDF CLICANDO AQUI

 

Twitter Facebook Orkut Messenger
Linked Yahoo Meme Google Buzz Delicious
mySpace Blogger Sonico Digg

Este recurso será liberado em breve. Aguardando validação do servidor.

dados do(a) autor(a)
Padre Sérgio
 
twitter.com/padresergioluiz
facebook.com/falecompadresergio
padresergio.com
Pe. Sérgio é sacerdote Redentorista. Atualmente pároco em Juíz de Fora na Igreja da Glória. Procura guiar o seu ministério levando as pessoas a experimentarem a...
12 últimas atualizações
Contato

Paróquia da Glória
Avenida dos Andradas, 855 - Morro da Glória
CEP: 36036-050 - Juiz de Fora (MG)
Telefone: (032) 3215-1831
Siga-me nas redes sociais

Dados Técnicos

Este web site utiliza as tecnologias como HTM5 e CSS3 e é compatível com os seguintes navegadores:
Sistema web desenvolvido por:
Copyright © 2012 Todos os direitos reservados.